Dezembro já chegou, o ano passou rápido, o que pensar do futuro próximo. Do que irá acontecerá em 2021. Neste ano, a economia e a saúde púbica foram os grandes desafios a serem vencidos, aliás, os grandes países sofreram com a queda de arrecadação e a incerteza do mercado financeiro. Mas existe uma esperança, o Covid-19 trouxe o medo, porém, a vigilância constante fez com que as pessoas buscassem uma resposta e a proteção. Se recordar a canção Travessia, de Milton Nascimento: “Vou seguindo pela vida me esquecendo de você, Eu não quero mais a morte, tenho muito o que viver. Vou querer amar de novo e se não der não vou sofrer. Já não sonho, hoje faço com meu braço o meu viver”, a letra irá nos impulsionar para dias melhores, graça a luz do céu e a força deste povo. Como músico não perco a fé, sendo humano, convicto, acredito num Deus que nos chama a dar um voo mais alto, com um pássaro que canta sem se preocupar com o futuro.

Também Deixasse a Vida Nos Levar, nota-se um desprendimento, do que? Não sei, todavia, o rio corre para o mar, e não volta mais, assim, torna-se o ciclo da vida. Faça hoje, ame hoje, invista hoje e caminhe hoje. Porque amanhã pertence ao Deus criador. Arrepender-se não é um fraco, reconhecer os erros, uma virtude e a humildade a sabedoria do universo. Como um show, você canta, encanta e troca energia, para assim, alegria, emergi na alma das pessoas. E fazer com as lembranças fiquem evidentes. Se a letra não transparecer o sentido, a música aquece o coração, e a poesia com a decorrer dos anos, vai elucidar o que o tempo quer dizer.                                            

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *